O crescimento da energia fotovoltaica

ElétricaNo mercado de geração de energia elétrica, soluções sustentáveis estão conquistando cada vez mais espaço a passos largos na direção da substituição da matriz energética brasileira, dominada pelas usinas hidrelétricas. Ao longo das últimas décadas, estes sistemas evoluíram e conseguiram atingir satisfatório nível de maturidade em termos de confiabilidade e de vida útil.

Segundo dados da última edição do relatório anual da empresa de pesquisa Bloomberg New Energy Finance (BNEF), em 30 anos, as fontes limpas de energia serão as líderes do mix elétrico mundial.

O sistema de geração de energia fotovoltaica está entre as soluções mais procuradas para instalação em empresas e residências. Isso se deve, em grande parte, ao aumento das contas de luz e a mudança do perfil de consumo da população que está cada vez mais consciente sobre a importância da preservação do meio ambiente.

O Brasil possui uma das melhores condições no mundo para geração de energia solar. O índice de incidência de raios solar atinge o patamar de 5,4 kWh/m², mas com relação ao aproveitamento destes índices, ou seja, capacidade instalada existe uma defasagem de pouco mais que 1,5 GW.

Em contramão da estatística, o setor está em constante crescimento, gerando mais oportunidades de mercado.

QUAIS SÃO OS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DO SISTEMA FOTOVOLTAICO

Os sistemas fotovoltaicos surgiram com o objetivo de levar energia elétrica a locais de difícil acesso (se comparado com as tecnologias convencionais), em especial a rede elétrica.
Com o passar dos anos essa tecnologia foi se popularizando e ganhando espaço pelos inúmeros benefícios proporcionados, entre eles:

Baixo custo de manutenção e longa durabilidade

O sistema de energia solar fotovoltaico tem um custo de manutenção muito baixo, que corresponde apenas aos gastos com a limpeza dos painéis. Essa limpeza deve ser feita duas vezes ao ano ou mais vezes de acordo com a incidência ou não de chuvas. Além disso, o sistema dura, em média, 25 anos funcionando com eficácia caso o material utilizado seja de qualidade.

Facilidade de instalação

A instalação de um sistema fotovoltaico é rápida e descomplicada. Na maioria dos casos, as placas solares e o inversor grid-tie são fixados em estruturas já existentes nos imóveis e, quando necessário, requerem apenas pequenas adaptações, como por exemplo, a fixação de eletrodutos e quadros elétricos de distribuição.

Compromisso com o meio ambiente

Ao contrário dos combustíveis fósseis, a energia solar é uma forma limpa porque não produz resíduos poluentes e gases de efeito estufa. Ela é sustentável porque é gerada por um processo natural que se repõe constantemente, a emissão de raios solares.
Além disso, a construção de sistemas fotovoltaicos não impacta negativamente a natureza, diferente das hidrelétricas que precisam inundar áreas quilométricas e por isso destroem o ecossistema de um lugar e deixam famílias desabrigadas.

Economia

Com o uso da energia solar é possível reduzir entre 50% a 95% do valor da conta de luz mensal. O custo da instalação dos equipamentos se paga a um prazo relativamente curto, chegando a ser menos de seis anos em regiões com maior incidência solar. Além disso, é possível trocar a energia excedente da sua unidade fotovoltaica por créditos com a concessionária de energia.

Valorização do imóvel

Ao investir em energia solar, o valor de mercado para a sua residência aumentará. Isso porque ela será mais eficiente em termos energéticos e sustentáveis.
Isso pode ser exemplificado por um estudo realizado pelo Laboratório Nacional Lawrence Berkeley, financiado pelo Departamento de Energia dos EUA, que demonstra que os imóveis que possuem sistema solar fotovoltaico têm valorização de 3% a 6%.
Depois de ficar por dentro de todos esses benefícios, aposto que você ficou interessado em instalar um sistema fotovoltaico, não é mesmo?

Não deixe de conferir também o conteúdo sobre Clamper Solar SB, solução especializada para proteção de sistemas de geração de energia solar fotovoltaica.